Pastor da Assembleia de Deus é preso por ter nome igual a de estuprador

Por ter o mesmo nome de uma pessoa acusada de estupro, o pastor Luciano de Jesus ficou preso durante cinco dias no cadeião de Pinheiros, em São Paulo. Além de ter o mesmo nome do acusado, o seu pai é homônimo do pai do acusado.

Apesar das coincidências, a 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que o engano do Estado foi prejudicial a Luciano e o condenou a indenizar o autor da ação no valor de 300 salários mínimos, cerca de R$ 150 mil. Em 2006, a 3ª Vara da Fazenda Pública paulista havia fixado a indenização de 100 salários mínimos, e o valor foi reformado pelo TJ paulista.

O advogado de defesa, Sidney Luiz da Cruz, decidiu recorrer da primeira decisão para aumentar a indenização alegando o constrangimento passado pelo cliente. Luciano de Jesus, pastor da Assembleia de Deus do bairro Jardim São Luis, em São Paulo, passou cinco dias no cadeião de Pinheiros. Ele foi preso na sexta-feira, 29 de março de 2005, por volta das 19h em sua casa.

Ele acabou detido no lugar de um homônimo, que também não deveria ir para a cadeia. Para o advogado da vítima, foram dois erros numa só medida. Isso porque, ao consultar os autos do processo do fórum de Embu-Guaçu, foi constatado que o verdadeiro acusado, seu homônimo Luciano de Jesus, de 22 anos, já havia sido absolvido da acusação de estupro e solto em agosto de 2004.

Não houve alternativa, a não ser ingressar com uma ação reparatória. O juiz Valter Alexandre Mena entendeu que as coincidências do caso (os pais do pastor e do homônimo também têm o mesmo nome), poderiam explicar o “desaviso, mas não justificar o fato”. “Apesar das coincidências, é induvidosa a desídia dos agentes públicos, que devem responder pelo dano daí decorrente”, considerou. O desembargador do TJ-SP, Antonio Carlos Malheiros, manteve a condenação, mas considerou a indenização insuficiente.

Fonte: Gnotícias

BIBLIA E O CELULAR


Já imaginou o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia do jeito que tratamos o nosso celular?
E se carregassemos a nossa Bíblia na nossa bolsa ou bolso?
E se déssemos uma olhada nela várias vezes ao dia?

E se voltássemos para apanhá-la quando esquecêssemos dela em casa?
E se a usássemos para receber e enviar mensagens de texto?
E se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela ?

E se a déssemos como presente para as crianças?
E se a usássemos quando viajamos?
E se a usássemos em caso de emergência?

A Bíblia tem muitas vantagens…
Ao contrário do nosso celular, a Bíblia não fica sem sinal,ela pega em quaquer lugar
,
A Bíblia não fica sem crédito  Jesus já pagou a conta.
Temos direito ao melhor plano o plano da Salvação...
E, o melhor de tudo: não cai a ligação e a carga da bateria é pra toda a vida!


Autoria: BBN

E AE !!??
PENSEM NISSO.

Big Brother Jesus:Só Ele te livra do paredão!!



JUÍZO FINAL

Pense direitinho: o julgamento de Deus já começou, pois "Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus" (Jo 3.18; 5.24). Mas na Segunda Vinda, o juízo vai esclarecer o que está oculto (1Co 4.5; Mt 10.26).

Quem será julgado? Nações, anjos caídos (1Co6.2,3; 2Pe 2.4; Jd 6), os seres humanos Mt 25.32; Rm 2.5,6; 3.6;Ap 20.12,13). Agora, diante do Juiz, já não há reis e súditos, políticos e seus eleitores, patrões e empregados: só salvos e perdidos, a fé e a incredulidade (aliás, nesse dia acaba o ateísmo). No Juízo, palavra de alegria ("Vinde, benditos...", Mt 25.34), e palavra de terror ("Apartai-vos de mim, malditos...", Mt 25.41). A palavra de Deus ensina que nosso destino já é conhecido por Ele: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz;eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e jamais perecerão; ninguém poderá arrebatá-las da minha mão" (Jo 10.27,28) e "Pois nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele" (Ef 1.4). Aí vale a lei espiritual da Perseverança dos Santos!

Jesus sofreu por Você

Jesus entrou em agonia no Getsemani ( escreve o evangelista lucas ) orava mais intensamente. “E seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra. O suar sangue, ou “Hematidrose”, é um fenômeno raríssimo. Para provocá-lo é necessário uma fraqueza física, acompanhada de um abatimento moral violento causado por uma profunda emoção, por um grande medo. O terror, o susto, e angústia terrível de sentir-se carregando todos os pecados dos homens devem ter esmagado Jesus . Tal tensão extrema produz o ropimento das finíssimas veías capilares que estão sob as glândulas sudoríparas, o sangue se mistura ao suor e se concentra sobre a pele, e então escorre por todo corpo até a terra.


Momentos depois Pilatos ordena a flagelação de Jesus. Os soldados despojam Jesus e o prendem pelo pulso a uma coluna do pátio. A flagelação se efetua com tiras de couro múltiplas sobre as quais são fixadas bolinhas de chumbo e de pequenos ossos.


Os soldados devem ter sido dois, um de cada lado golpeiam com chibatadas a pele, já alterada por milhões de microscópicas hemorragias do suor de sangue. A pele se dilacera e se rompe; o sangue espirra, a cada golpe Jesus reage em um sobressalto de dor. As forças se esvaem, um suor frio lhe impregna a fonte, a cabeça gira em uma vertigem de naúsea, calafrios lhe correm ao longo das costas. Se não estivesse preso no alto pelos pulsos, cairia em uma poça de sangue.


Depois o escárnio da coroação. Com longos espinhos mais duros que aqueles da acácia, os algores entrelaçam uma espécie de capacete e o aplicam sobre a cabeça. Os espinhos penetram no couro cabeludo fazendo-o sangrar ( os cirurgiões sabem o quanto sangra o couro cabeludo).


Pilatos mostra Jesus dilacerado à multidão e de seguida o entrega para ser crucificado. Colocam sobre os ombros de Jesus o grande braço horizontal da cruz( pesa uns 50 kg); a estaca vertical já está sobre o calvário.


Jesus caminha com os pés descalços pelas ruas de terreno irregular. O percurso é de cerca de 600m; Jesus fatigado, arrasta um pé após o outro, frequentemente caí sobre os joelhos, os ombros estão cobertos de chagas. Quando Ele caí por terra a viga lhe escapa, escorrega e lhe esfola o dorso.


Sobre o calvário tem inicio a crucificação. O sangue começa a escorrer. Jesus é deitado de costa, as suas chagas se incrustam de pé e pedregulhos.


Depositam-no sobre o braço horizontal da cruz ; com uma broca é feito um furo na madeira para facilitar a penetração dos pregos; os soldados pegam um prego(um longo prego pontudo e quadrado), o apoiam sobre o pulso de Jesus, com um golpe certeiro de martelo O rebatem sobre a madeira. Pode-se imaginar aquilo que Jesus deve ter provado, uma dor agudissima, que se difundiu pelos dedos, e espalhou-se como uma lingua de fogo, pelos ombros lhe atingindo o cérebro. Uma dor mais insuportável que um homem possa provar.


Em seguida pregam-lhe os pés. Ao meio dia Jesus tem sede; não bebeu desde a tarde anterior. A boca está semi-aberta e o lábio inferior começa a pender. Um soldado lhe estende sobre a ponta de uma vara, uma esponja embebida em bebida ácida … Sua respiração se faz pouco a pouco mais curta; o ar entra com um síbilo, mas não consegue mais sair. Jesus respira com o ápice dos pulmões. tem sede de ar(como um asmático em plena crise) os pulmões cheios de ar não podem mais esvaziar-se.


Mas lentamente um esforço sobre-humano, Jesus tomou um ponto de apoio sobre o prego dos pés. Esforçando-se a pequenos golpes, se eleva aliviando a tração dos braços. a respiração se torna mais ampla e profunda, os pulmões se esvaziam. Porquê esse esforço? porque Jesus quer falar: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem”.


Logo em seguida o corpo começa afroxar-se de novo, e a asfixia recomeça. pouco depois o ceú escurece, o sol se esconde e de repente a temperatura baixa… Todas as suas dores, a sede, as cãibras, a asfixia lhe arrancaram um grande lamento: “Meu Deus, meu Deus porque me abandonastes?”. Jesus grita: “Tudo está consumado!”. Em seguida disse: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espirito.” E morre.

Pascoa? Ovos de Pascoa? Verdades e mentiras sobre a comemoração do dia da ressurreição de Cristo

Pascoa? Ovos de Pascoa? Verdades e mentiras sobre a comemoração do dia da ressurreição de CristoQuando você pensa em chocolate, bacalhau e coelho que comemoração te vem à mente? Com certeza você se lembrou da Páscoa. Conhecida mundialmente como uma festa cristã, ela é mais antiga do que se imagina, sendo comemorada muitos anos antes do nascimento de Jesus Cristo e por diversos povos da antiguidade.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel A Páscoa, como conhecemos hoje (com ovos de chocolate, alusão ao coelho, etc) modelou-se com o passar dos anos, mas tem como principal influência a Páscoa Judaica. Antes de Jesus morrer na cruz e ressuscitar era este o tipo de Páscoa comemorada. Portanto, Páscoa cristã e judaica são diferentes, mas é a partir da festa judaica que os cristãos comemoram a ressurreição do Salvador.
Para os judeus a páscoa significa “passagem”, por isso o nome da festa é Pessach (passagem). De acordo com a tradição judaica, a primeira celebração de Pessach ocorreu há 3500 anos, quando o Senhor enviou dez pragas sobre o povo do Egito. Antes da décima praga, – que seria a morte dos primogênitos das famílias egípcias -  Moisés  foi instruído por Deus a pedir que cada família hebréia sacrificasse um cordeiro e molhasse os umbrais (mezuzót) das portas, para que seus primogênitos não fossem exterminados.
Quando anoiteceu as famílias comeram a carne de um cordeiro sem mancha, pães sem fermento e ervas amargas. Depois um anjo, enviado por Deus, matou todos os primogênitos egipícios. Depois deste episódio Faraó libertou os hebreus da escravidão. Como memória desta libertação foi instituído para todas as gerações de judeus a celebração da festa de Pessach, como forma de lembrar o favor de Deus.
Pessach, então, significa a passagem do Senhor através de seu mensageiro, o anjo. Depois foi acrescentado a esta concepção a passagem dos hebreus pelo Mar Vermelho, confirmando a sua libertação. Os judeus comemoram até hoje os valores que a história narrada no livro de Êxodo: liberdade, justiça e reinício do ciclo da vida.
Para os cristãos a Páscoa tem um significado semelhante, é a comemoração da passagem de Jesus da morte à ressurreição. Os primeiros cristãos passaram a comemorar a Páscoa, como conhecemos hoje, porque viram uma relação entre a libertação do povo de Deus no Egito e a libertação da morte para a vida, pregada por Jesus.
Outro motivo para que a grande festa cristã tenha o mesmo nome da festa judaica deve-se à Paixão de Cristo ter acontecido no início do Pessach. Então a última ceia teria sido um Seder, o jantar realizado na véspera do início da Páscoa judaica.
Embora as duas festas tenham o mesmo nome não ocorrem na mesma data. A Páscoa cristã é comemorada no primeiro domingo de lua cheia depois do equinócio de primavera (de outono, no hemisfério sul). Já as comemorações da Páscoa judaica têm início na primeira lua cheia do mesmo equinócio. O início do Pessach e a Páscoa cristã podem cair no mesmo dia, mas isso dificilmente ocorre.
A Páscoa de outros povos
Vários povos da antiguidade comemoravam uma espécie de Páscoa. Porém normalmente eram festas pagãs em homenagem aos seus deuses ou a comemoração da chegada da primavera. Atualmente a Páscoa cristã é a mais comemorada.
Em março de 250 a.C, em Roma, era celebrada uma festa religiosa, em que o protagonista era um ser meio homem, meio deus, filho de uma virgem e que ressuscitava todo ano. Essa festa era uma homenagem à deusa Réia ou Cibele e ao Attis, a pessoa que ressuscitava. Para o povo egípcio era uma festa para o deus Osíris, que também ressuscitava.
A partir do século IX, com a conversão do povo germânico ao cristianismo, alguns símbolos das festividades pagãs foram incorporadas na festa cristã. Este é o caso do coelho, que era a representação da deusa da primavera entre os povos bárbaros. Ainda hoje, Páscoa é chamada Ostern em alemão e Easter em inglês – derivações do nome da deusa Eostre.
Essa relação do coelho com a fertilidade foi mal interpretada por ingleses até meados do século XX. Durante a festa fazia-se brincadeiras eróticas, como levantar uma mulher três vezes para ganhar um beijo.
A tradição dos ovos de páscoa
Na maioria dos povos, desde as mais remotas épocas, o ovo é símbolo de nascimento e ressurreição. Diz a lenda que Simão, o cirineu que ajudou Jesus a carregar a cruz ao Calvário, era vendedor de ovos. Ao voltar para casa, depois da crucificação, percebeu que os ovos estavam todos milagrosamente coloridos feito um arco-íris. Já o coelho era o símbolo da fertilidade no Antigo Egito. Não foi difícil, portanto, escolher para a Páscoa um símbolo que fosse popular e facilmente reconhecível. Assim, o coelho esconde ovos coloridos em ninhos, para que as crianças possam procurá-los, como presente de Páscoa.
Fonte: Gospel+

Deus não quer santidade só por uma Semana...Mais toda SEMANA É SANTA

Podemos dizer que santificação era uma das características encontradas no homem, em seu estado ORIGINAL. Quando Deus criou o homem o dotou de características, como: retidão, sabedoria, santidade, etc... Essas características no homem, refletem A IMAGEM DE DEUS, pois Deus é santo, justo, misericordioso, longânimo...
       Vale salientar que só o HOMEM, e nenhuma outra criatura, teve o privilégio de ser feito à imagem e semelhança de DEUS.
APÓS A QUEDA: O homem perdeu a sua condição original (neste caso, a santidade)
A NOVA CONDIÇÃO DO HOMEM:
As vossas iniquidades fazem separação entra vós e o vosso Deus ...(Is 59:2)
Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus ... (Rm 3:23)
DEUS ABOMINA O PECADO, MAS POR AMOR AO PECADOR, PROVIDENCIA SEU RESGATE
Está escrito: Deus não quer que alguns as percam, senão todos se arrempendam ... (II Pe 3:9)
O Apóstolo Pedro escreveu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de JESUS CRISTO, para perdão dos pecados ... (At 2:38)
JÁ QUE O HOMEM NADA PODE FAZER PARA SALVAR A SI MESMO, DEUS TOMA A INICIATIVA:
O Espírito Santo convence o homem do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16:8)
NO PLANO DE SALVAÇÃO OFERECIDO POR DEUS, ENCONTRAMOS AS DOUTRINAS BÁSICAS, NO INÍCIO DA SALVAÇÃO:
Arrependimento/Fé/Regeneração/Justificação/Adoração e Oração - Essas doutrinas formam o alicerce da vida Cristã no seu início.
A SANTIFICAÇÃO: é mais uma das doutrinas da salvação, mas trata da salvação na sua continuação (é um processo contínuo).
QUE SIGNIFICA SANTIFICAR?... Santificar significa (separar, apartar) Quer Dizer: Deus nos aparta do mundo e também aparta o mundo de nós (Deus nos ampara, nos protege).
TRATAREMOS DA SANTIFICAÇÃO EM TRÊS FASES:1-Santificação Instantânea ou Posicional - Ocorre instantaneamente, quando nos convertemos. O crente foi separado por meio da sua posição. Neste sentido, todos os crentes são chamados de santos, sem levar em consideração suas conquistas espirituais. Somos o que somos espiritualmente falando, pela posição na qual Deus nos colocou: Posição de salvos/Posição de filhos/Posição de Justos/Posição de santos.
(Ef 1:1) - Aos santos que estão em Éfeso
(I Co 6:11) - Haveis sido lavados, santificados, justificados... em Cristo
VALE SALIENTAR QUE ESTA SANTIFICAÇÃO POSICIONAL É BASEADA NA MORTE DE CRISTO(Hb 10:10) - ...temos sido santificados mediante a oferta do corpo de Cristo
NO CASO DOS CORÍNTIOS, A FALTA DE SANTIDADE DE VIDA ESTÁ BEM EVIDENTE:(I Co 3:1) - Eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, porque ainda sois carnais
(I Co 11:17,18) - Não vos louvo, porquanto vos ajuntais, não para melhor, senão para pior... ouço falar que há entre vós, contendas, intrigas.
O APOSTOLO PAULO TAMBÉM REPREENDEU OS IRMÃOS (SANTOS) GÁLATAS(Gl 3:1) - Ó insensato gálatas, quem vos desviou para não obedecerdes a verdade?
II - Santificação Progressiva ou (Experimental) - No sentido posicional, ninguém é mais santo que os demais, mas no aspecto vivencial é bastante correto falar que determinada pessoa é mais santa ou mais espiritual que outra.
Na santificação posicional, DEUS já separou para si mesmo todo aquele que crê em Cristo; agora, na santificação progressiva, é a vez do crente se separar para Deus, para ser usado por Ele.
DEVEMOS COMPREENDER QUE CRESCEMOS EM SANTIFICAÇÃO

e não, que crescemos até alcançar a santificação.
A santificação progressiva, continua por toda a vida. É um progresso contínuo. Todas as exortações bíblicas sobre crescimento espiritual, são pertinentes a esta faceta progressiva e experimental da santificação.
(II Pe 3:18) - Antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
(Fp 2:12) - ...desenvolvei a vossa salvação, com temor e tremor
                OBS:
o aspecto progressivo da santificação é o que a Bíblia chama de o            aperfeiçoamento sa santificação.
(II Co 7:1) - Ora, irmãos, purifiquemo-nos, aperfeiçoando a santificação
(Ef 4:12) - ...querendo o aperfeiçoamento dos santos...
III - Santificação (futura) ou definitiva - Neste aspecto nenhum crente será totalmente santificado nesta vida, pois a Santificação Futura só será completa com a vinda de Cristo.
(I Jo 3:2) - Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque havemos de vê-lo como ele é.
- Nesta vida, FOMOS LIVRADOS da culpa e castigo do pecado,
- ESTAREMOS SENDO salvos do poder do pecado
-SEREMOS SALVOS, NO FINAL até da presença do pecado
(Nossa salvação da presença do pecado terá lugar quando virmos o SENHOR)
(Hb 12:22,23) - ...Mas chegastes ao Monte Sião e à Cidade de Deus...
...Universal Assembléia e Igreja dos primogênitos...
...inscritos nos céus!
O CORPO DO CRENTE SERÁ, ENTÃO, GLORIFICADO E SE TORNARÁ O INSTRUMENTO PERFEITO DE OBEDIÊNCIA A DEUS(Fp 3:20,21) - Mas a nossa Cidade está nos céus, de onde vem o Senhor e transformará o nosso corpo de humilhação...
(Rm 8:23) - ...Esperamos a rendeção do nosso corpo...


“Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados” (1 Pe 2.24).

Os oito erros de Judas Iscariotes

1. Ganância. Judas amava dinheiro. Tanto era assim, que subtraía para si parte do dinheiro que era para o sustendo do grupo de discípulos do Mestre.

2. Ingratidão. Jesus convocou Judas para seu grupo seleto de amigos. Judas decidiu retribuir a gentileza entregando o Mestre aos seus piores inimigos.

3. Hipocrisia. O beijo de Judas entrou para a história como o ato mais vil que um homem possa cometer.

4. Covardia. Jesus já era uma vítima fácil diante dos poderosos fariseus, escribas e santos do Templo. Judas ter se aliado aos inimigos do Mestre foi pura covardia.

5. Maldade. Judas sabia que os donos da religião não iriam conduzir Jesus para um piquenique. Ele seria torturado, como foi e depois morto, como acabou sendo.

6. Orgulho. Judas ouviu de Jesus que, arrependido, qualquer um poderia ser perdoado e salvo. Mas, ao descobrir que Caifás e seus asseclas não estavam de brincadeira, poderia ter ao menos se arrependido. Preferiu o suicídio.

7. Esnobismo. Quem era Judas? Um político nacionalista radical e medíocre. No máximo, seria um terrorista. Andando com Cristo poderia ter sido um apóstolo que faria a diferença na vida de milhares de pessoas. Esnobe, desprezou as bênçãos do Senhor sobre sua vida.

8. Deslealdade. Faltar com a lealdade ao Senhor e Mestre transformou Judas Iscariotes no ícone da traição. Nem a Máfia aprecia traidores, mascarados, duas caras.

A Miséria cresce cada vez mais!


O número de pessoas vivendo nas ruas em São Paulo aumentou 49,3% em 9 anos, segundo estudo realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) a pedido da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social. Em outras palavras, desde 2000, cerca de 40 pessoas por mês passaram a viver nas calçadas da cidade mais rica do Brasil.

No começo da década, foram contabilizados 8.706 homens, mulheres e crianças espalhados nas ruas, dos quais 5.013 dormiam sob jornais e papelões nas calçadas e viadutos da cidade, e 3.693 pernoitavam em albergues.

No final de 2009, os dados foram atualizados e a estimativa passou a ser de 13 mil moradores de rua.

O número faz de São Paulo uma das cidades com mais sem-tetos na América Latina
O levantamento ainda é inédito.

Apesar de a pesquisa ter sido concluída e entregue, a prefeitura de São Paulo reluta em disponibilizar as informações. A assessoria de imprensa da secretaria de Assistência diz que os dados estão no gabinete do prefeito Gilberto Kassab (DEM), cuja assessoria, por sua vez, diz que não há previsão para divulgação e não explica o motivo da demora.

Nas ruas, as assistentes sociais do município só podem dar entrevistas se autorizadas. Procurada pela reportagem, a coordenadora do estudo da Fipe, a economista e cientista social Silvia Maria Schor, limitou-se a confirmar o aumento, mas afirmou que, enquanto a pesquisa não for divulgada, não pode dar detalhes.

A pesquisa coloca a cidade entre as capitais do Brasil e do mundo com mais gente vivendo nas ruas em termos proporcionais.

A comparação entre levantamentos distintos é difícil devido às diferentes metodologias e às dificuldades sempre encontradas por pesquisadores ao tentar contabilizar quantos dormem ao relento.

Os números, porém, servem como indicativo da gravidade da situação em São Paulo. Com cerca de 11 milhões de habitantes, a cidade tem 0,11% da população nas ruas. Isso significa que, de cada 1 mil habitantes, um vive ao relento.

Segundo o primeiro Censo Nacional sobre a População em Situação de Rua, realizado em 71 cidades em 2008 a pedido do ministério do Desenvolvimento Social, a média no Brasil é de 0,06%, praticamente metade.

O crescimento da miséria nas calçadas da capital com maior Produto Interno Bruto (PIB) do País não é fator isolado e não pode ser explicado apenas com base na política municipal dos últimos anos na área social, marcada pelo fechamento de albergues em áreas nobres e demolição de favelas e cortiços.

Quem estuda o assunto aponta que o aumento não se limita a São Paulo e que o tema é complexo.

“Há diversos estudos em andamento e diferentes teorias, mas sabemos que o
fenômeno está relacionado a três fatores principais: desemprego prolongado, ausência de políticas públicas e de moradias, e também à fragilização dos vínculos familiares”, diz a pesquisadora e assistente social Maria Lucia Lopes da Silva, autora do livro “Trabalho e População em Situação de Rua no Brasil”.

Ela ressalta que, ao contrário do que muita gente pensa, o uso de álcool e drogas nem sempre é o que leva os moradores para as calçadas.

“A pessoa bebe porque está na rua, e não o contrário.

É uma reação à degeneração das condições de vida, é o desespero.

É lógico que o uso de álcool e drogas acaba agravando a situação, mas não é o que levou a maioria para as ruas em um primeiro momento”, explica.

Absurdo:Pescadores encontram 21 corpos de bebês em rio na China

Imagem feita pela TV local de sacos plásticos com corpos na margem do rio em Shandong
Pescadores chineses encontraram 21 corpos de bebês em um rio, na cidade de Jining, na província de Shandong, no leste do país. Acredita-se que os cadáveres tenham sido jogados ali por hospitais. De acordo com o site China Daily, oito dos corpos possuíam etiquetas identificadoras dessas entidades. Segundo o site britânico Time, três bebês tinham tornozeleiras de identificação indicando que estiveram em estado grave na emergência do hospital universitário de Jining e cinco apresentavam as etiquetas de atendimento do mesmo hospital.
China - bebês mortosUm pescador afirmou à TV local que percebeu que algo havia sido jogado contra a margem do rio perto de uma ponte. Inicialmente, os pescadores pensaram que eram bonecos de plástico. Ao chegarem mais perto, descobriram que eram corpos. “Não podia acreditar que eram de verdade, mas eram. E quanto mais andava por ali, via mais e mais”, disse outro homem.
Alguns corpos estavam juntos em sacos plásticos amarelos, com a inscrição “lixo hospitalar”. Ainda não foram divulgados os sexos dos bebês.
As autoridades iniciaram uma investigação e a equipe médica que pode estar envolvida no caso foi suspensa. Segundo a imprensa local, os corpos podem ter sido descartados por hospitais após abortos e partos induzidos.

Estudo diz que fumantes são menos inteligentes

Além de fazer mal aos pulmões e de causar ataque cardíaco, o cigarro também pode diminuir o QI (quociente intelectual) de uma pessoa, revelou um estudo realizado com 20 mil voluntários jovens pelo Centro Médico Sheba do Hospital Tel Hashomer, em Israel.

Pessoas jovens que fumam regularmente tendem a possuir um menor nível de inteligência do que aquelas que não fumam, revelou nesta segunda-feira (29) o jornal inglês Daily Mail. Quanto mais inveterado o fumante, menor o QI.

Pessoas que fumam um ou mais maços de cigarros por dia obtiveram um QI, em média, 7,5 pontos menor do que os que não fumam. Um típico fumante entre 18 e 21 anos tem um QI de 94 enquanto um não fumante da mesma faixa etária tem, em média, um de 101. Aqueles que fumam mais de um maço por dia têm QIs baixos em torno de 90. A inteligência média vai de 84 a 116 pontos.

O chefe da pesquisa, Mark Heiser, disse que ainda não está claro se o cigarro causa a queda no nível de QI ou se pessoas menos inteligentes tendem mais a fumar.

- O certo é que as pessoas com QI baixo são aquelas que decidem fumar. Não é uma questão de status socioeconômico, se eles são pobres ou são um nível menor de escolaridade.

Weiser sugeriu que os resultados poderiam confirmar uma convicção antiga de que pessoas com menores QIs tendem a tomar decisões piores em relação à sua saúde – por isso são mais propensos a usar drogas, a comer alimentos menos saudáveis e a fazer menos exercícios.

O estudo poderia ser usado na prevenção do tabagismo em jovens com QIs mais baixos. Os pesquisadores descobriram que 28% dos adolescentes entrevistados fumam um ou mais cigarros por dia, 3% admitiram ter fumado no passado e 68% dos jovens do sexo masculino nunca fumaram.

Os cientistas ainda não conseguem explicar a ligação entre os danos ao funcionamento do pulmão e o envelhecimento cognitivo, mas sugerem que o tabagismo poderia colocar em estresse oxidativo, que causa danos ao DNA.

Joguinho Bíblico: A arca de Noé


entretenimento:ilusão de optica

Milagre:Menina com 50% do cérebro surpreende médicos e já fala em virar bailarina

Ela teve quase 50% do cérebro removido por ordem médica, e não só sobreviveu como já faz planos para o futuro.
A recuperação de Cameron Mott, de 9 anos de idade, surpreendeu médicos e familiares.
A doença, um gravíssimo quadro degenerativo chamado síndrome de Rasmussen, vinha corroendo o lado direito de seu cérebro havia seis anos.
A lenta destruição causava convulsões violentas que, na opinião médica, só poderiam ser evitadas por meio da pura e simples remoção de metade do cérebro de Cameron.
O caso foi publicado no site do jornal britânico “Daily Mail”, entre outros veículos.
Segundo a reportagem, contrariando a literatura médica, a menina já consegue correr e brincar.
As únicas sequelas foram uma “pequena debilidade” nos movimentos e a perda da visão periférica.
Ela teve alta do hospital da Universidade Johns Hopkins quatro semanas depois da hemisferectomia (a extirpação cirúrgica de um hemisfério cerebral) e encerrou há pouco a fisioterapia.
E já avisou aos pais que deseja ser bailarina.
Segundo os neurologistas da Johns Hopkins, a recuperação de Cameron ilustra uma situação raríssima em que o cérebro promove uma “reconfiguração”.
Um caso semelhante, noticiado com alarde em outubro do ano passado, é o da americana Michelle Mack , de 37 anos. Nascida com metade do cérebro, Michelle fala normalmente.
O lado direito de seu cérebro também se “reconfigurou” para assumir também as funções típicas do lado esquerdo.
À época, Jordan Grafman, chefe da Seção de Neurociência Cognitiva dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos EUA, explicou o que alguns já qualificavam de milagre: o cérebro de Michelle se reconfigurou, assumindo tarefas do hemisfério inoperante.
Em seu caso, porém, as sequelas foram mais significativas: ela tem dificuldades na compreensão de conceitos abstratos e se perde facilmente em lugares com os quais não tem familiaridade.
Fonte: G1

Espaço Mulher:10 formas de nocautear a sua TPM

tpmO incômodo passa, mas volta no mês seguinte. Dê fim ao sofrimento, deixe a vergonha e o preconceito de lado e procure ajuda! Você pode viver melhor, mesmo naqueles dias…
Quem tem sabe bem como é: você sente que está à “beira de um ataque de nervos”. O mundo parece um lugar estranho, irritante, estressante e desafiador, ou então triste, melancólico, depressivo. O corpo muda, o humor se altera. Em tão pouco tempo vive-se um turbilhão de sentimentos. E como se não bastasse, ainda há o desconforto físico: falta de energia, acne, mudança de hábito intestinal, dores, inchaço… Os sintomas podem ser vários: “Seria uma lista grande como grande é a diversidade das mulheres”, compara Elievã I. Nunes Macedo, tocoginecologista, psiquiatra e psicoterapeuta de São Paulo.
Como não existe um exame específico para confirmar o quadro, o diagnóstico é feito durante a consulta e exige que a mulher apresente os sintomas físicos, comportamentais e/ou psicológicos na segunda metade do ciclo menstrual, por pelo menos dois ciclos seguidos. Por isso, os médicos recomendam fazer uma espécie de diário: o diário de sintomas. Nele, você deve anotar todas as mudanças físicas e emocionais, e quando elas acontecem durante os ciclos menstruais.

1 - Coma linhaça! A alta concentração de ômega 3 e ômega 6 faz da semente um precioso preventivo contra a TPM, pois age sobre os estrógenos e protege do câncer de mama e do colo do útero.

2 - Vitamina B6 e magnésio, presentes nos grãos integrais, castanhas e nozes, também aliviam sintomas da TPM.
 3 - Carboidratos complexos, como arroz integral, milho, batata, mandioquinha, lentilha, ervilha, soja e macarrão integral, ajudam a diminuir a compulsão alimentar que algumas mulheres sentem nesse período.
 4 - O zinco é outro nutriente pode aliviar os sintomas da TPM. Por isso inclua carnes brancas magras sementes no cardápio.
 5 - A ingestão ideal da dupla cálcio e vitamina D, além de promover a saúde dos ossos e evitar a osteoporose, é capaz de reduzir em até 33% o risco de ter TPM. Então, inclua vegetais verde-escuros e laticínios desnatados, como iogurtes, leites e queijo branco. E tome sol moderadamente.
 6 - A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a acupuntura no tratamento de cólicas, irregularidade menstrual TPM, pois além de reduzir os espasmos uterinos e bloquear parte da dor, ainda atua na hipófise, modulando os hormônios que controlam os ovários. Em média, após três meses de tratamento, já é possível sentir os benefícios.
 7 - A prática regular de ioga também ajuda a reduzir a intensidade e frequênciaTPM. Suas posições e técnicas de respiração relaxam, equilibram os sistemas nervoso e endócrino e aumentam o fluxo de energia e sangue no influenciando diretamente o funcionamento hormonal.
 8 - Uma simples mudança no modo de usar o anticoncepcional oral comum pode trazer bons resultados no alívio dos sintomas da TPM. Converse com seu médico!

9 - Estudos realizados com americanas mostraram que o uso de doses baixas de antidepressivo, a fluoxetina, aliviou entre 60 e 75% os sintomas da TPM versão mais grave, a TDPM. Mas é preciso tomar cuidado, pois esses medicamentos podem causar dependência. Apenas o seu médico pode indicar e acompanhar de perto o tratamento, para observar os resultados e corrigir os efeitos colaterais.
 10 - A TPM deve ser levada a sério e precisa de cuidados especiais. O melhor caminho para evitar ou aliviar os sintomas é olhar em primeiro lugar para a sua própria vida. Não faça da TPM uma justificativa para todos os seus problemas. Modifique os seus hábitos negativos. Não é fácil, mas o esforço compensa. Converse sempre com o seu ginecologista, ele é a melhor pessoa para indicar o que é ideal para você. No final das contas, a conclusão que tiramos é o que todas nós já sabemos ou deveríamos saber: para vencermos na vida, qualquer coisa, seja ela a TPM ou outro problema, é preciso tomar atitudes. E isso ninguém pode fazer por você!

VIDEO:ESSE É PRA QUEM ACHA QUE DIRIGIR APÓS UMA CERVEJINHA NÃOTEM NADA!!!


Deixe a raiva secar

Certa vez uma menina ganhou um lindo brinquedo no dia do seu aniversário, mas uma amiguinha o levou para sua casa sem permissão e o destruiu antes mesmo dela brincar uma única vez com ele.

Ela ficou muito brava e queria porque queria ir até a casa da amiga para brigar com ela. Mas a mãe ponderou:

- Você se lembra daquela vez que você chegou em casa com lama no seu sapato? Você queria limpar imediatamente aquela sujeira, mas sua avó não deixou. Ela lhe disse para deixar o barro secar, pois assim ficaria mais fácil limpar.

- Sim, mamãe, eu me lembro.

- Pois é, meu amor, com a raiva é a mesma coisa. Deixe-a secar primeiro, depois fica bem mais fácil resolver tudo.

Mais tarde, a campainha tocou: era a amiga trazendo um brinquedo novo, em reposição ao que havia quebrado, pelo que se desculpou.

E a menina respondeu:

- Não faz mal, não, minha raiva já secou!

Depois do sonho... o pesadelo!

Sonhar é de graça. Realizar o sonho custa caríssimo. No hiato entre sonhar e realizar o sonho, precisamos estar preparados para enfrentar o que der e vier Veja o que acontece depois que a gente sonha os sonhos de Deus para nossa vida. Para isso, vamos analisar a vida de José do Egito, filho de Jacó, que sonhou em ser grande, maior que seus irmãos. Grande para servir, grande para salvar, grande para ser uma bênção. Mas, não foi entendido. Foi duramente perseguido. Antes de ver o sonho realizado a gente precisa saber que 1) os invejosos vão conspirar contra nós. 2) alguns que se dizem irmãos vão tentar abortar nosso sonho, matando-nos. 3) antes de ser grande, vamos ser humilhados, maltratados, escravizados. 4) Seremos alvo das mais sórdidas fofocas e calúnias e difamações. 5) Pessoas precisarão da gente e depois se esquecerão, voluntariamente, de retribuir o favor a elas prestado. 6) seremos vendidos, traídos, enganados. 7) concretizar sonhos demora. No caso de José do Egito, 13 anos! O caminho para ver o sonho realizado é árduo, solitário e cheio de horríveis experiências. Se você tem sonhos, por favor, se encha de paciência, esperança, amor e fé. Sem essas virtudes, sonhar vira o pior pesadelo.
 
fonte:pastorgeraldomagela.blogspot.com

Lembra da caixinha de surpresas com versiculos biblicos? esta é uma versão virtual! Deus vai falar ao seu coração. Que Deus te abençoe rica e poderosamente em nome de jesus!

Loading...